Dois são presos suspeitos de matar pai e atirar em filho durante assalto em Cuiabá

Orlando Moraes trabalhava como motorista de caminhão e o filho dele é oficial do Exército. Vítima que sobreviveu dormia com revólver embaixo do travesseiro.
Duas pessoas foram presas por suspeita de terem participação no assassinato de um motorista e na tentativa de homicídio do filho dele, no dia 12 de janeiro, em uma casa no Bairro Jardim Industriário, em Cuiabá. A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá anunciou a prisão dos dois suspeitos nessa terça-feira (16) e dará mais detalhes sobre o caso nesta quarta-feira (17).

A primeira vítima, Orlando Moraes de Arantes, de 54 anos, que trabalhava como motorista de caminhão, foi assassinado. O filho dele, Orlando Moraes de Arantes Júnior, de 24 anos, foi encontrado ferido no sofá da residência. Orlando Júnior é oficial do Exército e está internado.

De acordo com a Derf, Orlando Moraes foi encontrado caída no chão, dentro da residência, com perfurações de tiros na região lombar, pescoço e ombro. O filho dele estava deitado no sofá, consciente, com ferimento de tiros na região do tórax. Ele não conseguia falar e somente gesticulava. Ao lado dele estava uma arma de fogo com cinco munições deflagradas, que pertence ao rapaz.

Os assaltantes entraram na casa para roubar e logo pediram a arma de fogo da vítima, que na ocasião dormia com o revólver calibre 38, embaixo do travesseiro.

Testemunhas informaram ter ouvido disparos de arma de fogo e na sequência duas pessoas saíram correndo.

fonte: G1 MT