Precisamos revitalizar o Parque de Exposição e incentivar o comércio de Matupá, diz vereador Bruno Mena

O Parque de Exposições de Matupá foi literalmente abando-nado pela atual administração. Desde que assumiu a prefeitura, Valtinho fez questão de “sepultar e enterrar” a festa agropecuária do município. Não é segredo pra ninguém que o prefeito matupaense não gosta desse tipo de evento e para tanto tratou logo de acabar com a festa.
Hoje quem passa pelo trevo de entrada da cidade de Matupá só enxerga abandono. A única coisa que restou foram as lembranças de um dos maiores eventos da região.
Na última reunião da Câmara de Matupá o vereador Bruno Mena usou quase 10 minutos de seu discurso para mostrar o quanto a cidade perdeu com o fim da Expomatupá. Ele destacou a feira agropecuária como centro de oportunidades e também a festa como atrativo e diversão à população de todas as idades.
O vereador disse que a prefeitura está mais preocupada em instituir novos impostos e taxas do que trazer de volta a festa, ou pelo menos criar outro evento que tenha os atributos da exposição agropecuária.
“É isso que nós precisamos fazer, incentivar a economia local, fomentar o comércio local que é pouco incentivado, ou quase nada por essa administração. Não estamos falando em dar alguma coisa, o Poder Público tem que dar sim oportunidades, e a Expomatupá era um palco de oportunidades.” – disse o vereador Bruno Mena.
A Expomatupá, quando acontecia, marcava o início do calendário das festividades alusivas ao aniversário da cidade e o mês de junho era de festa, clima de rodeio, shows e alegria para o povo de Matupá.
“Como vamos continuar sendo um município pólo no agronegócio se a prefeitura parou no tempo? – se não quer fazer a Expomatupá por picuinha política, faz uma espécie de Agrishow, com feiras tecnológicas, com especialistas do agronegócio, trazer conhecimento para os produtores, feiras de negócios agropecuários, cursos para troca de conhecimento, isso é pensar grande, isso é pensar no futuro da nossa cidade e no produtor rural.” – disse o parlamentar em entrevista ao Verdade Online.